Servidores da saúde aceitam proposta do Governo do RN e encerram greve

Servidores da saúde do Rio Grande do Norte decidiram nesta quinta-feira (13) encerrar a greve que havia sido iniciada há dois dias. A suspensão do movimento foi definida em assembleia do Sindsaúde no Sesc Cidade Alta, em Natal, e se deu por maioria de votos.

Nesta quarta (12), a categoria recebeu do Governo do Estado uma proposta para suspender a paralisação.

O governo propôs o seguinte: o pagamento de progressão de nível a partir de maio, implementação da gratificação de incentivo à qualificação e implantação do abono de permanência e adicional de insalubridade automáticos até dezembro.

Outra garantia dada pelo Governo aos servidores foi o aumento no valor das diárias pagas aos servidores que viajam a serviço da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), com acréscimos que vão de 60% a 75% em cima dos atuais valores.

A Sesap e os demais entes do Governo ainda se comprometeram a avaliar outras propostas, que voltarão ao debate em junho, como o reajuste salarial de 21,87% que a categoria reivindica.

Sobre a implantação do piso para os trabalhadores da enfermagem, a Sesap e o Governo esclareceram que aguardam definições por parte do Governo Federal quanto à nova legislação e o financiamento dos aumentos. A discussão na esfera estadual se dará através de comissão específica que trabalhará atenta as sinalizações do Ministério da Saúde sobre o tema.