Governo do RN convoca 1.112 professores e especialistas temporários

A edição deste sabado (11) do Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte (DOE) publica a convocação de professores e especialistas de educação, em caráter temporário, para a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (Seec). Para atender às demandas das unidades de ensino, tendo em vista o início do ano letivo, 1.112 profissionais foram chamados, oriundo do edital nº 001/2022 – Seec/Sead. Os educadores terão 20 dias para se apresentarem, às Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direc) de origem.

No total, oito editais foram publicados na DOE, tanto para educadores da base comum quanto para o eixo tecnológico. Todos serão distribuídos, conforme demanda, nas 16 Direcs, localizadas em Natal, Parnamirim, Ceará-Mirim, Macau, Mossoró, Pau dos Ferros, Umarizal, Apodi, Assu, Angicos, Caicó, Currais Novos, Nova Cruz, Santa Cruz, João Câmara e São Paulo do Potengi para atuarem no ensino fundamental, no ensino médio, na educação especial e no sistema socioeducativo e prisional.

Os convocados atenderão às disciplinas de música, educação física, filosofia, história, língua inglesa, língua espanhola, língua portuguesa, química, geografia, biologia, matemática, arte e sociologia. Os professores temporários atuarão no eixo tecnológico, nos cursos de administração, meio ambiente, informática, segurança do trabalho, vestuário, alimentos, eletrotécnica e controle de produção.

“Os novos educadores assumem no primeiro bimestre do ano letivo que se inicia. Buscamos atender todas as demandas existentes em nossa escola, fazendo a distribuição dos educadores de maneira estratégica. A convocação de hoje é mais uma demonstração do compromisso da gestão da Governadora Fátima Bezerra em levar para os nossos estudantes uma educação que favoreça a sua aprendizagem”, destaca a professora Socorro Batista, titular da Seec.

A lista completa dos convocados pode ser consultada no DOE, onde também constam as informações sobre documentos e exames de saúde necessários à admissão no quadro de servidores estaduais.