Governador em exercício, Walter Alves pede celeridade nas buscas e prisões de responsáveis por morte do prefeito Neném Borges

O governador em exercício, Walter Alves (MDB), determinou que a investigação sobre a morte do prefeito de São José do Campestre, Neném Borges, seja tratada como prioridade. 

“O Rio Grande do Norte amanhece hoje (19) com a trágica notícia da morte do prefeito de São José de Campestre, Neném Borges. De acordo com informações da Polícia, ele foi assassinado dentro da sua própria casa. Como governador em exercício, estou determinando à Secretaria de Segurança Pública que dê prioridade a este caso, pelas suas circunstâncias, para investigar, descobrir e prender todos os envolvidos o mais rápido possível. Aproveito aqui para prestar meus sentimentos à família, na pessoa da esposa dele, Luciana Araújo. Muita força e fé neste momento. E punição – dentro do rigor da lei – para os responsáveis pela morte do prefeito”, comentou Walter Alves.

Em nota, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte afirmou que tomou conhecimento da situação. Segundo a instituição, “o caso está sendo tratado pela instituição com a importância e prioridade que um fato de tamanha gravidade merece”.