Um homem morre e dois são presos em meio a série de ataques no RN

A madrugada de terça-feira (14) no Rio Grande do Norte foi marcada por supostos ataques de criminosos feitos contra batalhões da Polícia Militar e empresas. A Secretaria de Segurança confirma que houve episódios de violência, entre 0h e as 2h da terça-feira, mas não detalhou ainda as ocorrências.

Em nota emitida por volta das 7h, a Sesed informou ter reforçado o policiamento e monitorava “o eventual aumento de ocorrências criminosas”. Ainda de acordo com a nota, um homem morreu em confronto com a Polícia Militar e outros dois teriam sido presos. Não foi esclarecida a circunstância na qual o suspeito morreu. Apenas foi dito que ele teria atirado contra policiais. Próximo às 8h, a Secretaria convocou coletiva de imprensa para detalhar as ocorrências.

De acordo com informações que circulam nas redes sociais, os ataques teriam ocorrido em Natal e no interior do Estado. Até a 1h30, havia informações de supostos ataques contra a Companhia de Polícia de Mãe Luíza, o CDP Feminino em Parnamirim, o 3º e o 9º Batalhões de Polícia Militar. As ações teriam envolvido disparos e tentativas de incendiar os locais.

Além desses pontos teriam sido registradas ações contra um ônibus em Parnamirim, um posto de gasolina no Conjunto Alvorada, zona Norte de Natal; e ainda ocorrências em Caicó e outras cidades do interior. Ainda não uma confirmação oficial da área da Segurança Pública, mas durante a madrugada foram compartilhados vídeos e imagens de algumas dessas ocorrências.