Suspeito de matar mulher no interior do RN morre em troca de tiros com a PM

Reprodução

O homem suspeito de matar a tiros Damiana Williane da Silva, de 27 anos, morreu, nesta sexta-feira (11), durante uma troca de tiros com a Polícia Militar. A mulher foi assassinada no último dia 22 de fevereiro, em um bar, na cidade de Portalegre, no Alto Oeste potiguar.

Por volta das 6h30, os policiais militares do 7º Batalhão da PM, estavam em diligências para o cumprimento de mandado de prisão preventiva do suspeito, na Zona Rural de Portalegre, e ao se aproximarem do endereço denunciado, o homem atirou contra os agentes da corporação.

De acordo com a PM, dois tiros foram disparados contra os oficiais, e os militares revidaram. Um dos tiros acertou Raimundo Marcelo Pereira Rego, de 40 anos, suspeito do feminicídio, que foi levado ao Hospital Municipal de Portalegre, mas não resistiu e morreu.

Segundo os policiais, o homem estava em uma área de mata à quatro quilômetros da zona urbana do município. No esconderijo do suspeito, foram encontrados um revólver calibre 38, uma faca, bebidas alcóolicas e outros pertences.

Segundo a PM, foram encontrados no esconderijo do suspeito, um revólver calibre 38, uma faca, bebidas alcóolicas e outros pertences – Foto: Cedida

CASO

Damiana Williane da Silva foi morta a tiros pelo namorado na noite do dia 22 de fevereiro, na cidade de Portalegre, no Alto Oeste potiguar. Segundo a PM, por volta das 20h30, a vítima estava em um bar junto com Raimundo Marcelo Pereira Rego, de 40 anos, seu companheiro, quando ele atirou contra ela. 

Ainda segundo informações da Corporação, testemunhas contaram que o casal estava no bar e, sem que houvesse qualquer tipo de discussão, o homem se levantou e atirou na namorada. Foram pelo menos 3 tiros. Logo após cometer o crime, o homem fugiu. Damiana chegou a ser socorrida, mas não resistiu.