Suspeita de mandar matar e esconder corpo de companheiro é presa no RN

Uma operação da Delegacia de Macaíba, realizada na manhã desta quinta-feira, 19, prendeu na zona Sul de Natal uma mulher suspeita de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A vítima foi o próprio companheiro dela, Gilson Belo Pereira.

Rosilene Albino da Silva Nunes, conhecida como Lena, de 46 anos, foi presa no bairro de Candelária, quando chegava para trabalhar.

Veneno de rato

De acordo com as investigações, no ano de 2009, Rosilene Albino tentou matar o companheiro usando veneno para rato. Em razão de a vítima ter sobrevivido, no mês de agosto do mesmo ano, ela teria contratado Júlio César Santos de Paiva, conhecido como Julinho, para matar Gilson.

Com a ajuda de sua sobrinha, Katiene Pereira da Silva, a suspeita teria desovado o corpo de Gilson em um poço, na pedreira localizada próximo à residência do casal, no Loteamento Esperança. No entanto, o corpo emergiu e foi descoberto.

O executor do crime e a sobrinha já foram julgados e condenados pela Justiça, e Rosilene Albino estava foragida. Após ser presa, ela foi conduzida à delegacia e encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.