Suposto comunicado de facção anuncia fim dos atentados no RN

Foto: Reprodução/Redes sociais

Está circulando em aplicativos de mensagens na manhã desta quinta-feira (23) um comunicado supostamente atribuído à facção criminosa responsável pelos atentados no Rio Grande do Norte, anunciando o fim dos ataques no estado.

De acordo com a mensagem, as ações serão cessadas nesta quinta por “decisão própria” da facção: “Deixamos bem claro ao Governo que estaremos cessando por nossa decisão própria, em cima da decisão já assinada pelo Estado que relata fundos para investimentos de segurança e melhorias para o sistema prisional”.

Na nota, ainda foi escrito que, caso o Executivo Estadual não resolva a “situação desumana e maus tratos” nos presídios, os ataques serão retomados de forma mais violenta. “Importante deixar bem frisado que, se no período de tempo que cessarmos não houver resposta dos órgãos competentes em cima da situação desumana e maus tratos que passamos, iremos novamente botar a força de nossa organização nas ruas de toda a cidade com uma diferença dessa ocasião que vem ocorrendo, pois usaremos força total”, revelou.

A nota ainda informou que o governo do RN estava ciente da onda de ataques antes mesmo do início das ações criminosas, no dia 14 de março. “Eles permitiram acontecer por falta de ‘pronúncia’ aos nossos pedidos e avisos de reação a tudo que viemos pedindo devido a situação desumana que vivemos hoje no sistema prisional”, supostamente escreveu a organização.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública não confirmou a veracidade do aviso.