População pede rapidez na investigação da morte do prefeito de Campestre

Foto: Maurício Teixeira/TV Ponta Negra

Oito dias do crime que chocou a cidade de São José do Campestre, o assassinato do prefeito prefeito do município de São José do Campestre, Joseilson Borges da Costa (MDB), conhecido como Neném Borges, 44 anos. Neném teve a cada invadida e foi morto a tiros na madrugada de quarta-feira (19). Familiares e amigos do prefeito se reuniram em frente à residência dele na manhã desta quinta-feira (27) para pedir agilidade nas investigações.

Os pais de Neném, Iraci Borges e José Borges, vestiram preto e choraram em frente à casa do filho. “São José do Campestre pede Justiça”. “Justiça pelo Prefeito”. “A impunidade não pode vencer”. “Queremos justiça”. “Quanto vale uma vida? Justiça por Neném Borges”. Dezenas de pessoas seguraram cartazes com frases de pedido de justiça.

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime. Imagens obtidas através de câmeras de segurança mostram o momento em que um homem entra sozinho na casa do prefeito e atira nele na frente de uma criança, filha de Neném.

Na saída, o suspeito atira para o teto como se fosse uma comemoração, fica parado ao lado da casa e depois segue.

Foto: Maurício Texeira/TV Ponta Negra

Ponta Negra News