Polícia prende suspeito de assassinar motorista por aplicativo em Lagoa Salgada

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (4) em Monte Alegre, no interior do Rio Grande do Norte, o principal suspeito de ter assassinado o motorista por aplicativo Pedro Gabriel da Silva Quirino, de 29 anos.

Pedro foi encontrado morto no dia 15 de março de 2022 no porta-malas do próprio carro na zona rural de Lagoa Salgada, na Região Agreste do estado. Ele estava parcialmente queimado e havia sofrido um disparo de arma de fogo na cabeça.

A perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) apontou que Pedro foi morto com requintes de crueldade, sendo asfixiado, alvejado e queimado antes de ter o corpo abandonado dentro do carro em uma área de mata.

A prisão foi efetuada por policiais civis da 27ª Delegacia de Polícia (DP de Monte Alegre). Havia um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que negou o crime.

Investigações

As investigações duraram cerca de um ano. A Polícia analisou dados repassados pelas empresas de transporte por aplicativo e verificou que o suspeito utilizou um nome falso para solicitar uma viagem até o distrito de Carnaúba, na zona rural de Monte Alegre.

Após a corrida ser aceite, o veículo partiu para Lagoa Salgada, onde foi avistado perto da residência da da mãe da vítima, sendo posteriormente abandonado nas proximidades do rio Trairi.