Polícia prende mulher suspeita de mandar matar PM em Natal; Desentendimento familiar foi motivação

Equipes da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Polícia Civil de Apodi, cumpriram, na tarde desta segunda-feira (20), um mandado de prisão temporária contra Joicy Carneiro de Sales, na cidade de Felipe Guerra. 

Joicy é investigada por homicídio qualificado contra o policial militar aposentado Luiz Antônio Epifânio, de 59 anos. Ele foi assassinado no dia 05 de novembro do ano passado, no bairro de Igapó. Ele foi assassinado às 18h, na rua São Luís. A suspeita estava foragida desde então. 

De acordo com a Polícia Civil, Joyce e o seu primo Fábio Epifanio de Lima, são investigados como mandantes do crime ocorrido em frente à casa dos pais da vitima, tendo por motivação o desentendimento por questões familiares. Fabio seria parente da vítima – mas o grau de parentesco não foi confirmado pela Polícia Civil. 

Um dos executores, José Patrick Pires de Oliveira já se encontra preso provisoriamente.

96 FM