Polícia Civil prende membro de facção envolvido em morte de policial penal no RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu, nesta segunda-feira (20), um dos envolvidos na morte do policial penal Carlos Eduardo Nazário.

O criminoso faz parte da facção que vem realizando ataques no estado. Com ele, ainda foram apreendidas uma pistola e munições.

O CASO

Os ataques criminosos fizeram a primeira vítima dentro da segurança pública na noite da sexta-feira (18). Foi assassinado o policial penal, Carlos Eduardo Nazário, após ser baleado na calçada de sua casa no Bairro Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante (RN).

O crime aconteceu por volta das 22h30, numa noite de muitos ataques em São Gonçalo do Amarante e na zona Norte de Natal. Atualmente, Carlos Nazário estava lotado no Presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta. De acordo com o que o Blog Sidney Silva soube, ele foi atingido no tórax, ombro e perna.

No momento do ataque, ele estava conversando com um casal de amigos. A mulher, também foi atingida com tiro.

O Blog Sidney Silva apurou que sobre o caso, o secretário de administração penitenciária do Rio Grande do Norte, Helton Edi Xavier da Silva, disse que foi montada uma operação com policiais penais, policiais rodoviários federais e policiais militares para tentar prender os suspeitos.

Existe ainda a informação, não confirmada pelas autoridades da segurança pública, de que criminosos estariam identificando residências de policiais para realizar ataques.