Operação contra organização criminosa cumpre 34 mandados de prisão no RN e em mais seis estados

A Força-Tarefa SUSP Natal, de combate ao crime organizado, coordenada pela Polícia Federal e, em conjunto com a Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Penal, deflagrou na manhã desta quarta-feira (23), a Operação Pélagos, visando desarticular grupo de pessoas suspeitas de integrar organização criminosa especializada no tráfico de drogas, além de cometer diversos outros crimes, com atuação, sobretudo, na região metropolitana de Natal.

Cerca de 240 policiais estão cumprindo 42 mandados de busca e apreensão e 34 mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Poder Judiciário do Rio Grande do Norte, na capital potiguar e nos estados do Acre, Rondônia, Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio de Janeiro. 

Com o avanço das investigações, em continuidade a uma operação desenvolvida anteriormente pela mesma Força-Tarefa, foi feita a identificação e formulados pedidos de medidas à Justiça, que expediu mandados de prisão contra outros integrantes do grupo criminoso ligados àquela ação.

Os detidos serão encaminhados à sede da Polícia Federal no bairro de Lagoa Nova e, posteriormente, conduzidos ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição justiça. 

O nome da operação é uma alusão à palavra oceano em sua perspectiva de profundidade e tamanho, o que denota a relação de forte influência da organização criminosa investigada na respectiva área de atuação. 

FORÇA-TAREFA

A Força-Tarefa SUSP no Rio Grande do Norte é composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) e Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN (SESED).