Nas eleições de 2022, candidatos para o governo do RN vão poder gastar até R$ 7 milhões

Nesta terça-feira, 19, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por meio do Diário da Justiça eletrônico, revelou os gastos para cada cargo durante as campanhas eleitorais de 2022. O valor mais alto é para o cargo de Presidente. No primeiro turno das eleições, os candidatos vão poder gastar até R$ 88.944.030,80. Já no segundo turno, terá um acréscimo de 44.472.015,40.

Em documento assinado pelo ministro Edson Fachin, de acordo com decisão do Plenário, esses valores são os mesmos adotados nas eleições de 2018, sendo atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), aferido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Esse limite de gastos é único e inclui os gastos que são realizados na campanha pelo candidato tanto para vice ou suplente, de acordo com a Resolução TSE nº 23.607/2019. Segundo Fachin, o texto preciso ser editado, pois até agora, o Congresso Nacional não elaborou lei específica para fixar os limites de gastos de campanha para as eleições.

Valores para o RN; Veja

Segundo o TSE, no Rio Grande do Norte, os gastos para as campanhas eleitorais de 2022 são:

Governador
R$ 7.115.522,46
R$ 3.557.761,23 (acréscimo 2º turno)

Senador
R$ 3.811.887,03

Deputado Federal
R$ 3.176.572,53

Deputado Estadual
R$ 1.270.629,01

Veja a tabela com as quantias referentes também aos cargos de governador, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital.

As informações são da 98FM.