Ministério da Justiça autoriza envio de tropas da Força Nacional ao RN

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o envio de 100 agentes da Força Nacional ao Rio Grande do Norte. A medida atende um pedido da governadora Fátima Bezerra, que solicitou, na tarde desta quarta-feira (14), o apoio das tropas federais à segurança pública do estado do Rio Grande do Norte, que desde as primeiras horas de hoje sofre com ataques criminosos à prédios públicos, privados e veículos de transporte público.

O pedido foi realizado junto ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública, que prontamente atendeu a solicitação, em reunião realizada na sede da pasta, em Brasília, e que conta com a participação da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN (Sesed) e representantes das polícias Militar e Civil por videoconferência.

A Força Nacional é um Programa de Cooperação Federativa do Governo Federal. Quem faz a gestão desse programa é o Ministério da Justiça e Segurança Pública e ele tem a finalidade de atender as finalidades de serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública, à segurança de pessoas e de patrimônio e atuando também em emergências e calamidades públicas.

A Força Nacional não faz parte das Forças Armadas. Ela é composta por policiais militares, corpos de bombeiros militares, policiais civis e profissionais de perícia. Atuam em todo o território nacional mediante autorização do Ministério da Justiça.

Última vez da Força Nacional no RN

A última vez que a Força Nacional de Segurança Pública esteve no Rio Grande do Norte foi em 2020. À época, os agentes prestaram apoio ao Departamento Penitenciário Nacional, nas ações de policiamento de guarda e vigilância, no perímetro interno da Penitenciária Federal de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. A Força Nacional ficou em território potiguar até 16 de novembro de 2020.