Laboratório da UFRN registra dois tremores de terra no litoral do RN

Foto: LabSis/UFRN

Dois tremores de terra foram registrados no litoral do Rio Grande do Norte neste domingo (31). O primeiro, de magnitude preliminar calculada em 2.4 mR, foi registrado pelas estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, às 0h34m da madrugada.

Segundo informações recebidas pelo laboratório, o tremor de terra foi sentido por moradores das regiões de Maxaranguape e Maracajaú.

Mas na tarde deste domingo, a terra voltou a tremer. Era 16h05m quando um outro evento sísmico, dessa vez  de magnitude preliminar calculada em 3.7 mR, foi registrado. 

Diversas pessoas, incluindo moradores da capital potiguar, relataram sentir o tremor de terra, inclusive publicando em redes sociais sobre o ocorrido. 

Segundo os pesquisadores da UFRN, mesmo que o epicentro tenha sido no Oceano Atlântico, não existe a possibilidade de ocorrência de tsunami na costa potiguar.

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país.

O último evento registrado e divulgado pelo LabSis/UFRN no RN ocorreu no dia 24 de junho, desse ano, na região do município de São Paulo do Potengi. O evento teve sua magnitude preliminar calculada em 2.0 mR.