ITEP deverá identificar ossadas encontradas em Lagoa Salgada em até 60 dias

O diretor do ITEP (Instituto Técnico e Científico de Perícia), informou na manhã desta sexta-feira (03), que o trabalho do setor de perícia do órgão já iniciou os procedimentos para identificar as ossadas encontradas em uma mata há seis quilômetros do centro de Lagoa Salgada, na tarde desta quarta-feira. Marcos Brandão disse em em entrevista ao PortalBO que em 60 dias o instituto deverá entregar o relatório constando a identificação desses indivíduos após exames de DNA. “É um procedimento que requer muito critério e contra provas, para que o laudo apresente um resultado irrefutável”, disse.

Brandão ainda relatou que quanto a causa da morte dessas pessoas um trabalho paralelo será realizado com os profissionais da Antropologia Forense, uma vez que existe um fator dificultoso que é a questão das vítimas estarem em estado esquelético, no entanto, em 30 dias esses outros resultados também deverão ficar a disposição da investigação. Um blusão encontrado no mesmo local onde estava as ossadas pode ser de uma das crianças desaparecidas em 29 de julho de 2022, com outros dois irmãos e a mãe. Essa afirmação foi feita por um familiar dessas vítimas que ainda são consideradas desaparecidas.

Portal BO