Filho de General Girão ganha cargo de quase R$ 9 mil no Senado

Foto: Pablo Valadares / Câmara dos Deputados

Paulo Eduardo Pontes Monteiro, filho do deputado federal General Girão (PL-RN), foi nomeado nesta segunda-feira (3) para um cargo no gabinete da oposição no Senado. A nomeação, publicada no Boletim Administrativo da Casa, o denomina “assessor parlamentar pleno”, com remuneração de R$ 8.996 brutos.

Monteiro ocupou, durante todo o mandato do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), um cargo de assessor no gabinete do vice-presidente Hamilton Mourão. Agora, segue para o gabinete que une parlamentares de oposição e bolsonaristas na Casa — incluindo o próprio Mourão, eleito senador no ano passado, pelo Republicanos do Rio Grande do Sul.

O filho do General Girão não é o primeiro parente de político a ganhar cargo no Senado. Jair Renan, nomeado para um posto de R$ 10 mil no gabinete do senador Jorge Seif (PL-DF), está lotado na turística Balneário Camboriú (SC).O Antagonista