Era Tite termina com uma Copa América, vitórias fáceis e duas eliminações em Copas do Mundo

Tite agora é ex-técnico da seleção brasileira. Por mais que ainda não haja um comunicado oficial, o treinador frisou na última sexta-feira (9), após a derrota do Brasil para a Croácia, que deixará o comando da equipe. Ao longo de seis anos, ficará marcado pela conquista de uma Copa América, vitórias fáceis contra times inexpressivos e duas eliminações em Copas do Mundo.

Adenor Leonardo Bachi, o Tite, foi o primeiro técnico da seleção brasileira a continuar no cargo de um Mundial para o outro. Mario Jorge Lobo Zagallo (México 1970 e Alemanha 1974) e Telê Santana (Espanha 1982 e México 1986), disputaram, assim como Tite (Rússia 2018 e Catar 2022), duas Copas seguidas, mas o ciclo chegou a ser interrompido.

Na entrevista coletiva, quase duas horas depois da partida terminar no estádio Cidade da Educação, Tite manteve o seu fiel escudeiro Cléber Xavier ao seu lado. Com a voz pausada, como se ainda tivesse tomando conhecimento de tudo que havia acabado de acontecer, confirmou que ‘o ciclo se acaba’.

“Não estou jogando para agradar e fazer drama que vou ficar. Quem me conhece sabe. Agora, sim, foi um processo inteiro. Antes, foi um processo de recuperação. Agora, teve sequência inteira. O desempenho, vocês fazem a análise de vocês, está aí à mostra”, disse Tite, que celebrou a permanência de uma Copa para a outra.

Conquistas de Tite com a seleção brasileira

  • Superclássico das Américas 2018
  • Copa América 2019

Números de Tite pela seleção brasileira

  • 81 jogos
  • 60 vitórias
  • 15 empates
  • 6 derrotas

R7