Câncer é a principal causa de morte em crianças no Brasil

O câncer infantil é a 1ª causa de morte por doença em crianças e a 2ª causa de óbito em geral, ficando só atrás de mortes causadas por acidentes. O Inca (Instituto Nacional do Câncer) estima que, no triênio 2023-2024-2025, vão ser registrados, a cada ano, 7.930 novos casos de câncer em crianças e jovens de 0 a 19 anos de idade.

A oncologista pediátrica e chefe da Seção de Pediatria do Inca, Sima Ferman, afirmou que, como a incidência de câncer vem aumentando lentamente ao longo dos anos, a doença começa a aparecer como causa importante de doença em criança.

“Como nem todas [as crianças] são curadas, a doença pode ter, na verdade, um percentual de mortalidade infantil também”, declarou. Dados mais recentes do Inca, de 2020, revelam que foram registrados 2.280 óbitos em crianças e adolescentes de 0 a 19 anos no Brasil.

Entre os tipos mais comuns de câncer infantojuvenil, estão: leucemia, linfoma e tumores do sistema nervoso central. A médica do Inca ressaltou, contudo, que os tumores em crianças são diferentes, já que os adultos têm “muito carcinoma e tumores de células diferenciadas”.

Sima Ferman destacou que, além dos 3 tipos mais frequentes de câncer, há uma gama de tumores, como os embrionários, que surgem nos primeiros anos de vida. São exemplos os da retina, de rim e do gânglio simpático.

Poder360